Brasília, 09/12/2017 – A Procuradora-Geral de Contas do Ministério Público do DF e presidente do CNPGC, Cláudia Fernanda de Oliveira Pereira, publica, hoje, artigo no Correio Braziliense, falando da atuação em rede para combater a corrupção, pela qual as instituições oficiais e a sociedade organizada se unem para se contrapor definitivamente ao problema.

Para a Procuradora, a atuação em rede é a terceira geração da cooperação entre órgãos de fiscalização e controle, segundo a qual, as instituições se “comprometem a estabelecer estratégias mútuas de cooperação, atuando de forma inteligente, pré-ordenada, o que se acredita, será um forte auxílio para acabar com a dispersão de esforços”, assegura Cláudia Fernanda.

A presidente do CNPGC informa, em seu artigo, que “ para coroar essa busca pela atuação em rede, nesta semana, no dia 04/12/17, a Procuradora-Geral da República celebrou, pela primeira vez, com todos os ramos do MP Brasileiro, pactos em que as instituições se comprometem a trocar esforços e talentos no combate a essa chaga, que, não só dilapida as finanças públicas, como acaba, ainda, por retirar a esperança do cidadão por um Brasil melhor”.

Leia aqui o artigo completo

Share