Brasília, 09/02/2018 – Assumiu, na quinta-feira, dia 08/02, para novo mandato, no biênio 2018/2019, o Procurador-Geral de Contas no Ministério Público de Contas do Estado de Tocantins, Zailon Miranda Labre Rodrigues. Para o PGC, os esforços são voltados para o combate à corrupção, para “que os gestores públicos apliquem os recursos onde devem ser aplicados, para que cheguem às camadas sociais mais carentes, em serviços como saúde pública e educação”, explicou.

No discurso de posse, Zailon Rodrigues destacou a importância de atuação integrada entre as instituições públicas do estado, “para que quebremos nossas barreiras de comunicação e paradigmas institucionais, desarmando o poder autônomo e soberano, pois causa e efeito são mais significativos”, destacou o PGC. A cerimônia de posse foi realizada em sessão solene, no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE/TO).

O presidente do TCE/TO, conselheiro Manoel Pires dos Santos, destacou a importância do trabalho do MPC para os Tribunais de Contas do Brasil. “Ao promover a defesa da ordem jurídica e os princípios da moralidade e da economicidade, a instituição recebeu o reconhecimento em nível nacional com o prêmio ‘Talentos do Ministério Público de Contas Brasileiro’, resultado das sucessivas atuações em parceria com o MPE”, pontuou o presidente. O prêmio lembrado pelo conselheiro do TCE/TO é ofertado pelo Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Contas (CNPGC) para os melhores projetos que se destacaram em seus objetivos.

Em sua fala, o PGC destacou ainda a importância da continuidade da parceria entre o MPC e outras instituições estaduais, “bem como com outros os órgãos e instituições em nível nacional, em uma gestão de cruzamento de dados e informações entre instituições brasileiras”. Por fim, afirmou que sua atuação frente ao MPC tem caráter repressivo, pedagógico e educativo e de forma democrática delegou funções e responsabilidades aos outros Procuradores, tanto nas questões administrativas como nas sessões plenárias e de câmaras.

Bacharel em ciências jurídicas e sociais, com pós-graduação em direito processual civil e especializações em direito penal e processo penal e gestão pública, com ênfase em controle externo, Zailon Rodrigues foi assessor jurídico do Tribunal Regional Eleitoral (TO), consultor técnico da Secretaria de Segurança Pública (TO) e auditor de rendas da Secretaria da Fazenda (TO). Seu primeiro mandato como Procurador-Geral do Ministério Público de Contas do Estado do Tocantins, foi exercido no biênio 2016/2017. Foi reconduzido ao cargo por meio do Ato 1.771, publicado no Diário Oficial do Estado de 27 de novembro de 2017.

O diretor executivo do CNPGC, Procurador-Geral de Contas do Estado do Pará, Felipe Rosa Cruz, manifestou seu contentamento com a recondução do procurador Zailon ao cargo de PGC do MPC/TO. “Aqui se extrai ótimo exemplo de governança, de um relacionamento harmonioso com o MPE e o TCE/TO, que é o que o Conselho busca, como a garantia das prerrogativas e o aperfeiçoamento interinstitucional”, disse.

Share