Evento vai buscar o melhor e mais eficiente posicionamento dos MPC’s junto a sociedade

Procuradores de Contas de todo o País estarão reunidos em Curitiba-PR, entre os dias 20 e 22 de março, discutindo a construção do Ministério Público de Contas do novo milênio, no 1º Encontro Nacional dos Membros do Ministério Público de Contas. O objetivo do evento é buscar o melhor e mais eficiente posicionamento dos MPC’s junto à sociedade, como o principal órgão de combate à má gestão pública.

Além disso, o evento busca ainda identificar o que os MP‘s de Contas podem melhorar e como ele pode atuar de forma mais eficiente; traçar planos, objetivos e metas unificadas em âmbito nacional, que reforcem suas vantagens competitivas; estabelecer objetivos a serem alcançados no curto, médio e longo prazo; e, criar um modelo de gestão estratégica no intuito de buscar o posicionamento e diferenciação do MPC brasileiro.

A abertura do evento contará com a presença do Procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato, e o encerramento contará com a participação do juiz federal Sérgio Moro. Uma comitiva formada por Procuradores de Contas de Alagoas também participará do 1º Encontro Nacional dos Membros do Ministério Público de Contas.

O Procurador Pedro Barbosa Neto contou que o evento é de grande importância para a Instituição Ministério Público de Contas, identificar os pontos fracos e traçar as metas para que suas ações cheguem à população com mais eficiência.

“O evento será um divisor de águas para o Ministério Público de Contas Brasileiro. Estaremos focados em Curitiba, com o auxílio de um profissional habilitado, a planejar o MPC dos próximos 5/10 anos, definir com precisão seu posicionamento institucional e traçar estratégias de comunicação desse posicionamento junto à sociedade”, destacou Pedro Barbosa.

O Ministério Público de Contas Brasileiro, apesar de ser uma instituição secular, ainda não se encontra dentro da esfera de conhecimento da população em geral. Por isso, faz-se necessário informar e conscientizar a sociedade que, para o seu bem estar e a para a melhoria de qualidade dos serviços públicos que lhe são oferecidos, é importante a atuação do MP de Contas, pois a fila do hospital, a falta de medicamento, a demora dos ônibus, a merenda estragada na escola de seu filho, dentre outros, tem tudo a ver com a má gestão pública e a falta de responsabilidade fiscal dos governantes.

O evento é realizado pela Associação Nacional do Ministério Público de Contas (Ampcon) em parceria com o Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais de Contas (CNPGC).