Brasília, 14/06/2016 – O Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Contas (CNPGC) e o Ministério Público Militar (MPM) celebraram Acordo de Cooperação Técnica e Assistência Mútua para intercâmbio de conhecimentos e soluções em tecnologia da informação. O documento foi assinado, na quarta-feira, 13/06, pela vice-presidente do CNPGC e Procuradora-Geral do Ministério Público de Contas do DF (MPC/DF), Cláudia Fernanda, e o Procurador-Geral de Justiça Militar, Jaime de Cassio Miranda.

A parceria tem por objetivo ampliar a cooperação técnica entre as instituições para promover as ações de proteção do patrimônio público, a prevenção e o combate à corrupção, à lavagem de dinheiro e a outros crimes relacionados. No MPM, a parceria será desenvolvida pelo Centro de Apoio à Investigação (CPADSI), que disponibilizará as ferramentas para aprimoramento de métodos de análises de dados, pesquisas e investigações promovidas pelos participantes, garantindo assim maior eficácia na repressão de tais práticas ilegais.

Na contrapartida do Conselho, serão oferecidos ao MPM os recursos técnicos e de conhecimentos no controle das contas públicas, utilizados pelos Ministérios Públicos nos estados e municípios. Para Cláudia Fernanda, “é urgente e imprescindível que todos os segmentos do Ministério Público brasileiro promovam a integração de suas expertises para que tenhamos respostas mais eficientes no combate aos desvios na Administração pública, na defesa do interesse maior da sociedade brasileira”.

O acordo marca nova etapa de integração entre as duas instituições e os impactos dessa cooperação promoverão avanços nas investigações conduzidas pelo MPM e pelos MPC brasileiro, com vistas a promover a defesa da probidade administrativa, a proteção do patrimônio público e a transparência da gestão na Administração Pública.

Com Assessoria de Imprensa do MPM

Confira o acordo aqui

Share