O Ministério Público de Contas do Paraná desenvolve relevante projeto para fiscalização dos requisitos exigidos pela nova lei das estatais por parte das empresas paranaenses, nas nomeações feitas pelo Governo do Estado, a partir de 01/01/2019.

A iniciativa decorre de denúncia recebida naquele Órgão Ministerial, noticiando situação irregular de dirigente da Paranaprevidência (Autarquia Estadual Previdenciária que gere o Fundo de Previdência dos servidores estaduais). Foi feito mapeamento de todos os diretores e integrantes dos Conselhos de Administração das 08 principais estatais do Estado e da Autarquia Previdenciária denunciada.

Essa é mais uma relevante ação empreendida pelo Ministério Público de Contas, por meio da profícua atuação do Procurador-Geral de Contas, Flávio de Azambuja Berti, visando tutelar os anseios da sociedade por uma administração cumpridora dos princípios constitucionais e das atribuições que lhe são afetas.

Procurador-Geral de Contas do Paraná, Flávio de Azambuja

Share